Quando a vida chama

Autora: Rita Ramos Cordeiro

Pelo espírito: Peixotinho

Vivaluz Editora

Quando passamos por angústias e aflições, enfrentando um problema atrás do outro, por vezes pensamos que vamos sucumbir.

Muitas indagações nos atormentam: é Deus quem cria a dor? Por que estou sofrendo? É possível ser feliz apesar de tudo? Como ser capaz de lidar com o sofrimento?

Neste delicado romance espírita, os amigos espirituais nos oferecem respostas para essas questões através da história de uma família, como a sua, como a minha, que, vivendo em uma cidade do interior brasileiro, busca a felicidade e a realização de suas aspirações mais profundas.

Ana Amélia é a filha mais velha, que sem saber por que, está atormentada e infeliz. Sente-se oprimida, sufocada e busca livrar-se dessas incômodas emoções de várias maneiras.

Entretanto, nada parece ajudar. Até que, no ápice da angústia, ela tenta o suicídio, afetando todos que a amam.

A Terra é escola e oficina de desenvolvimento de almas. Estamos aqui para aprendermos a ser felizes, mas esse objetivo será alcançado somente quando aceitamos as lições que a vida nos oferece.

Nesta obra enriquecedora, você encontrará conhecimentos espirituais e lições evangélicas de fé e otimismo que conferem força e esperança para aqueles que sofrem, auxiliando a compreender e a lidar com os próprios desafios ou de pessoas amadas que desejamos ajudar e proteger.

Quando você chegou

Vivaluz Editora

Amar é a mais elevada e feliz forma de expressão do espírito. Transforma relações, famílias, e nos conduz à verdadeira prosperidade. Quando o amor entra em nossas vidas é como se fôssemos inundados por ondas de esperança, coragem, gratidão e alegria. Percebemos o valor da presença do outro e a importância da convivência para a nossa evolução. Nesse contexto, a família ganha uma dimensão especial.

Entretanto, as relações quase nunca vem prontas, e o lar nem sempre está em harmonia. É uma bênção quando voltamos para casa ao final do dia e desfrutamos o carinho da família e o descanso das batalhas cotidianas. E então vem a pergunta: como vencer os obstáculos que a vida nos apresenta, mantendo a serenidade, sem desanimar, na conquista de nossos maiores sonhos? 

Tereza e Eduardo, os protagonistas desta história, certamente refletiram sobre essas questões. Recomeçar foi um verbo que ela conjugou muitas vezes em sua vida. E os resultados advindos valeram todo o seu esforço. Apesar de viverem diversos episódios de revés, ambos souberam encontrar o sentido para sua existência e o caminho para a felicidade

Neste delicado romance mediúnico, lições evangélicas esclarecedoras transbordam de energias benfazejas a fim de nutrirem o espírito e a mente. E como bem ensinou Jesus a Marta: é preciso aprender a escolher a melhor parte, porque, no final, é o amor que cultiva o verdadeiro e real valor espiritual.

Sempre é tempo de amar

Sempre é tempo de amar
Vivaluz Editora
 
Sempre é tempo de amar é um romance espírita que nos eleva o coração. Uma história sobre o amor que transcende todas as coisas, que nos inspira, e que nos fortalece a confiança de que vale a pena.

O autor nos conduz pelas mãos da médium Rita Ramos a uma viagem ao século 13, adentrando pelos recantos de uma Europa recortada pelo poder e barbárie, onde os horizontes eram nebulosos aos olhos da alma e a moral se perdia entre as brumas da ignorância.

Mas o sol brilha na esperança das vidas que se renovam a cada encarnação e no verde daquelas pradarias, conhecemos a jovem Stella e Justin, cujos destinos se entrelaçam desde a infância, estreitando laços de afeto de outras eras. Diante de tanto encanto, aos quinze anos, a garota vê seus sonhos ruírem ao ser vendida pelo pai a um poderoso conde, dando origem a inesperado relacionamento.

A nova realidade exige de Stella que aprenda a lidar com as contradições e paixões humanas: medo, ódio, intrigas, vinganças e traição. Retratando os desafios de Stella em sua busca pela felicidade, o romance é ao mesmo tempo uma lição de vida e um convite para seguirmos sempre o caminho do amor, construindo nosso destino sem nunca abandonar o bom combate. Sempre é tempo de amar.

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA