Por: Rita Ramos Cordeiro / Imagem Pixabay

Até pouco tempo o envelhecimento era visto como doença e chegar aos setenta anos não era para todos.

Esta mentalidade não faz mais parte dos dias atuais porque é comprovado que pode ter uma vida saudável também na velhice. No entanto, com do aumento da expectativa de vida existem riscos de doenças, por isso a grande importância de uma vida saudável.

O Brasil está envelhecendo rápido e a pobreza é um dos grandes vilões para o envelhecimento. Sem políticas públicas eficientes não há prevenção e cuidado com os idosos.

É preciso que haja programas de incentivo a saúde principalmente para quem passa dos quarenta anos. Exames como o check-up anual é importante para quem passa dos quarenta anos, já que após esta idade os riscos de desenvolver doenças são maiores. Os exames preventivos ajudam a diagnosticar e detectar doenças crônicas, AVC, infarto e tumores.

Atividades físicas são extremamente importantes para a saúde na terceira idade, mas para isso é preciso fazer esta escolha ao longo da vida, pois, quanto mais cedo se iniciar os bons hábitos maiores serão as oportunidades de se chegar a velhice saudavelmente.

Envelhecer bem é possível, mas primeiro, a empatia, a gentileza e o respeito pelos mais velhos precisa ser algo natural na educação dos jovens já que um dia todos chegarão lá, e precisarão ser amados e acolhidos como seus avós e pais um dia deveriam ter sido.

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA