Nosso direito é ser respeitado e nosso dever é respeitar!




Por: Rita Ramos Cordeiro

"O bem que praticares em algum lugar, é teu advogado em toda parte." Emmanuel/ Chico Xavier

Uma bela e verdadeira frase, mas quando Chico Xavier psicografou esta frase de Emmanuel ainda não existia internet, redes sociais, facebook, twitter, e as pessoas não eram tão agressivas publicamente como atualmente.

Era uma época onde a internet não existia, e o "boca a boca" ainda era o meio de se propagar a maledicência e os boatos.

Mas seja em que época for, quando sentimos na própria pele a injustiça, a exclusão, a maledicência, passamos a desejar imensamente que a verdade não seja desvirtuada e que a justiça, seja feita.

Infelizmente não é isso o que acontece porque quando as palavras são pronunciadas elas viajam com o vento e se alastram como fogo!

Se as pessoas não tiverem estrutura mental e espiritual adequada, infelizmente, e dependendo do caso pode haver trágicos resultados.

Deixar que o bem que praticamos seja nosso maior advogado pode ser importante em muitos casos, mas não em todos.

Da forma que as pessoas compartilham boatos e mentiras pelas redes sociais atualmente, e falando o que querem ofensivamente sem a menor caridade, a única forma de parar estas pessoas é com a lei que a justiça nos deixa a disposição.

O preconceito e o desrespeito estão gritantes e se as pessoas não forem paradas pela lei muito prejuízo e estrago ainda causarão.

Ser espíritas e cristãos não significa que devemos ser omissos ou inertes diante do mal, pelo contrário, precisamos combatê-lo para proteger as pessoas que se sentem injustiçadas e excluídas. Proteger significa defendê-las!

E a forma que podemos fazer isso não é com a revolta ou xingamentos, mas, sim, com os direitos que a lei nos concede para utilizar os serviços de um advogado se for um caso extremo! É mostrando a verdade!

Somos seres humanos, temos direitos e deveres. Nosso direito é ser respeitado e nosso dever é respeitar!

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA