Por: Rita Ramos Cordeiro

A solidão as vezes é necessária para silenciar o coração e mente para, assim, entrar em sintonia com a Espiritualidade Maior.

Também é importante para analisar e refletir sobre a vida, e acalmar o espírito da correria do dia a dia.

Porém, isso não deve fazer parte constante da vida, pois, o que ajuda na cura de todos os males não é o isolamento, e sim o valor e calor humano de uma amizade sincera.

É o prazer de ter o contato com as pessoas amadas mesmo que a distância.

É poder colaborar e trabalhar em prol do próximo, e realizar isso com todo o amor.

É a união de pessoas que buscam apenas um caminho; a Solidariedade, e o Amor ao próximo.

É o reencontro de espíritos que se conhecem pela Eternidade afora, e que novamente estagiam juntos em nova missão.

É a paz que irradia o coração independente de qualquer problema ou dificuldade.

É a graça de ser amparado e abençoado pela Providência Divina.

É também agradecer o grande tesouro de estar ao lado da família que amamos.

É poder contar com amigos espirituais que sempre estão ao nosso lado em todos os momentos, nos amparando, nos guiando, nos protegendo, e por que não? Também nos puxando as orelhas. Portanto, depende apenas de nós escolher que tipo de vida queremos.

Depende de nós a escolha de sentar, lamentar e chorar os problemas vividos, ou, agradecer ao Pai pela oportunidade de passar por tudo isso com tantas bençãos, e principalmente agradecer a oportunidade bendita da vida, que nos foi ofertada para aprender a amar como Jesus nos ensinou.

PAZ e LUZ!

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA