Reencarnação e livre arbítrio

Por: Rita Ramos Cordeiro 

Cada vez em encanto mais com esta, tão poderosa engrenagem chamada reencarnação que nos convoca a reajustes e acertos inadiáveis.

Não importa o tempo que leve, o reajuste e a convocação para nos tornarmos melhores a cada dia acontecem.

Muitas vezes não conseguimos compreender a direção que a vida ou nossas escolhas nos levam, mas nada foge aos desígnios Divinos.

Continue Lendo

Desmitificando a doutrina espírita

Por: Rita Ramos Cordeiro

Já se foram os tempos em que a Doutrina Espírita era vista como algo místico, preconceituoso e proibido.

Por quantas e quantas vezes se torciam os narizes ao reconhecer tal pessoa na rua como espírita proibindo mesmo até a convivência social?

Tempos difíceis que afastavam do convívio comunitário os assumidos espíritas. Ler um livro espírita então, nem pensar! Muitos simpatizantes liam os livros escondidos da família, dos amigos para não passar vergonha, e não ter de ouvir discursos para converter a tal pessoa 'desviada' do caminho do bem.

Continue Lendo

Quem tem medo de espíritos?

Por: Rita Ramos Cordeiro

Quem já não esteve durante a infância numa roda entre amigos falando deste tão temível assunto?

Era realmente um momento assustador quando vinha a tona várias histórias de arrepiar.

Eram fantasmas em casas assombradas onde havia barulho de correntes, e ninguém via ninguém.

Continue Lendo

Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre tal é a lei

Por: Rita Ramos Cordeiro

"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre - tal é a Lei"

Esta mensagem foi escrita na lápide de Allan Kardec, sua autoria é desconhecida, mas nos traz grandes reflexões.

Anualmente comemoramos a data de nosso nascimento com festejos, presentes, e nossos amigos nos desejam anos e anos de vida.

Mas fico a pensar se estes anos de vida que nos desejam, e claro, nós mesmos pedimos que assim seja, são bem aproveitados.

Continue Lendo

Eterno é o espirito

Por: Rita Ramos Cordeiro

Muitas vezes passamos por situações que não compreendemos.

A tristeza toma conta do coração, pois não está ao alcance de nossas possibilidades mudar tal acontecimento.

Acabamos por nos revoltar contra a vida, contra Deus, e contra nós mesmos por não sermos capazes de auxiliar como desejamos.

São sentimentos naturais e compreensíveis que todos vivenciam nos momentos de dor.

Nestes momentos as forças nos faltam, e esquecemos da oração, tão benéfica para o fortalecimento de nosso espírito.

Continue Lendo

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA