As recordações de vidas passadas influenciam na vida atual?



Por:
Rita Ramos Cordeiro - Imagem: Pixabay/Efes

No romance espírita Lembranças que não se apagam, após um acontecimento traumático, Sheila, a personagem principal entra em coma por um breve período, e quando acorda tem lapsos de recordações de outra existência. Com o passar do tempo, estas recordações se tornam recorrentes fazendo com que ela entre em conflito, sem ter conhecimento sobre reencarnação e vida após a morte.

Continue Lendo

E a vida nunca se acaba...



Por: Rita Ramos Cordeiro

E a vida nunca se acaba, mesmo que acreditemos nisso, a dor da perda e a distância de quem amamos não nos permite esquecer.

Mas não é preciso esquecer.

É preciso lembrar que nossas vibrações de amor e de afeto chegam a quem amamos da mesma forma que chegam nossas dores, nossas lágrimas e nosso sofrimento.

Continue Lendo

Sempre ao nosso lado

Por: Rita Ramos Cordeiro 

Por diversas vezes, aflitos, inseguros, tristes, muitas vezes até desesperados não sabemos qual caminho seguir e qual a melhor decisão a tomar.

Nestes momentos tudo nos passa pela cabeça menos pedir o amparo do Pai da Vida, e a ajuda de nossos anjos guardiões.

Nos esquecemos da oração, tão poderosa para estes momentos, dos anjos guardiões que estão sempre ao nosso lado, de Jesus que nos guia os passos e da Divindade Suprema que amorosamente nos ampara em seu regaço.

Continue Lendo

Os espíritos das trevas na visão de um encarnado




Imagem: Pixabay
Por: Rita Ramos Cordeiro

Com o grave momento que se vive atualmente, com a constante profecia de fim de mundo, com o medo generalizado, com as insistentes teorias de conspirações, o mundo espiritual está cada vez mais presente fazendo com que os espíritos sejam mencionados e responsabilizados quase o tempo todo por tudo o que acontece com, e através dos médiuns, as pessoas buscam respostas e soluções para um mundo tão conturbado.

Ficou para trás a época dos espetáculos e fenômenos mediúnicos, quando o Espiritismo precisava ser conhecido. Tudo isto foi necessário nos primórdios do Espiritismo para se comprovar a existência dos espíritos.

Continue Lendo

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA