Entrevista com Renato Prieto

Renato Prieto é diretor e produtor teatral, além de se apresentar como ator em várias peças de Teatro.
Foi o protagonista do Filme “Nosso Lar”, assistido por mais de 5.000 milhões de pessoas.
Acompanhem uma entrevista exclusiva de Renato Prieto ao nosso site.

Qual seu nome completo e idade?
Carlos Renato Prieto Vettorazzi..Como espírito não tem idade..é eterno(hahahahaha)..digo....Ok! já passei dos 50 !!
Em qual cidade nasceu e qual reside atualmente?
Cheguei no planeta...no tranqüilo estado do Espírito Santo...em uma família muito bacana e unida. Moro no Rio de Janeiro...no bairro do Leme (outra tranqüilidade)

Onde você estudou teatro e qual foi sua primeira peça teatral?
Sou formado pelo Conservatório Nacional de Teatro (atual UNIRIO).Minha estréia foi no espetáculo Vivaldino, texto do Millor Fernandes com direção do José Renato no Teatro Casa Grande/RJ e no elenco estavam também Grande Otelo/Ary Fontoura/Ítala Nandi.

Você é ator e diretor a quantos anos?
Estou próximo dos 30 anos..(meu Deus,como o tempo passa !!)..ainda bem que não joguei preciosos minutos fora..ainda bem...!!

Continue Lendo

Entrevista com Roosevelt Thiago

Roosevelt Andolphato Tiago é natural de Jaú, é escritor, editor de livros, consultor empresarial e orador, e percorre todo o Brasil, divulgando a Doutrina Espírita ministrando palestras.

Você é palestrante ha 25 anos. Como tem sido seu contato com as pessoas e Casas Espíritas por todo o Brasil?
R. São experiências variadas, sempre produtivas, mas podemos ver as oscilações que existem e exigências de cada região. Porém temos construído fortes relações de amizade e parceria nos trabalhos de divulgação espírita, sempre quando identificamos companheiros tocados pela fidelidade doutrinária, como entendo ser a prioridade de nosso movimento.

Em seu trabalho como consultor empresarial treinando pessoas, você vê alguma ligação entre palestras de consultoria e as palestras espíritas?
R. Completamente, em todas as apresentações empresariais, utilizo o que a filosofia espírita oferece como base, sempre adequando o vocabulário para a neutralidade que cada situação pede, principalmente nos treinamentos de liderança, afinal, temos na figura de Jesus nosso maior líder.

Continue Lendo

Entrevista com Luiz Gonzaga Pinheiro

Luiz Gonzaga Pinheiro é natural de Fortaleza-CE, onde exerce a profissão de professor da rede Estadual e Municipal de Ensino no Estado do Ceará. É casado com Romélia e tem dois filhos, Victor Emmanuel e Lívia. Além de sua atividade profissional, é palestrante e doutrinador no Centro Espírita Grão de Mostarda, e também escritor de 24 livros publicados.

Há quanto tempo é espírita?
Reencontrei o Espiritismo há mais de 40 anos. Digo reencontrei, pois nunca tive dificuldade de entender e de admirar seus postulados.

Como você conheceu o Espiritismo?
Conheci o Espiritismo por curiosidade. Desde pequeno, apesar de ter nascido em família católica, sempre quis conhecer as atividades de uma casa espírita. Na adolescência realizei este desejo

Qual o Centro Espírita que é vinculado e há quanto tempo?
Sou vinculado atualmente ao centro Espírita Grão de Mostarda, em Fortaleza, há mais de vinte anos

Qual sua atividade dentro da Centro Espírita?
No Centro Espírita sou Palestrante e doutrinador

Continue Lendo

Entrevista com José do Carmo Rodrigues

José do Carmo Rodrigues é casado, pai de Daniel e Érica, nascido em Itu, no interior de São Paulo e reside atualmente na cidade de São Paulo.

É espírita estudioso da Doutrina Espírita e palestrante, e atua profissionalmente como professor universitário.

Está concluindo o curso de Ciências da Religião, pela Universidade Metodista de São Paulo e realiza uma pesquisa acadêmica Sobre Conversão ao Espiritismo. Acompanhem a entrevista exclusiva ao nosso site.

É espírita há quanto tempo e como entrou para o Espiritismo?
Sou espírita desde que nasci; Nasci em um lar espírita.

Qual Casa Espírita é vinculado?
Associação Espírita Cabaninha de Antonio de Aquino, em Itu/SP.

Qual sua colaboração nesta Casa Espírita?
Faço parte da Diretoria e colaboro nas reuniões públicas como palestrante.

Você é palestrante há quanto tempo e como iniciou este trabalho?
Desde adolescente; Fazendo estudos na mocidade espírita. Nessa época eu participava também das COMEZI (Concentração das Mocidades Espírita da Zona Ituana) que reunia muitos jovens dos centros espíritas da região. Nessas concentrações eu participava dos concursos de oratória, abordando temas espíritas.

Continue Lendo

A caridade deve ser anônima do contrário é vaidade

Por: Rita Ramos Cordeiro

Disse Jesus: “Não saiba a tua mão esquerda o que faz a direita.” e esta bela frase nos ensina que não devemos ostentar o bem que realizamos ao próximo, que devemos fazê-lo sem esperar nada em troca.

Esta verdade irrefutável nos faz lembrar que existem pessoas que praticam a caridade em benefício próprio para levar vantagem na promoção realizada.

Em dias tão conturbados como os de hoje os valores foram trocados, e o foco geral se centralizou na violência, corrupção, maldade, entre outros, e com isso a negatividade do que pensamos e compartilhamos atravessa o Universo, que nos devolve em dobro. E o bem, que deveria ser algo natural, aparentemente se torna raro.

Para ajudar a divulgar o bem muitas pessoas que são as chamadas formadoras de opinião que tem grande carisma,  que através de palavras e ações encantam, e atraem pessoas próximas para si, emprestam sua imagem na divulgação do bem.

São personalidades públicas, como Lady Diana, Angelina Jolie, e outros menos conhecidos que fazem parte de nosso dia a dia bem próximo a nós, em nosso bairro ou comunidade.

São pessoas que lutam por uma causa benemérita ou promovem um objetivo maior e coletivo. Não são perfeitas, são pessoas como qualquer um de nós que se esforçam em vencer suas más tendências procurando auxiliar o próximo.

Na atual situação evolutiva que vivemos temos o hábito de fazer julgamentos pré-concebidos formando opiniões sem conhecer a fundo quem apontamos o dedo.

A Espiritualidade Maior em sua infinita sabedoria analisa o conjunto completo do ser humano, e não apenas seu exterior. Conhece a fundo a essência de sua criação, e quando vê o bem no conjunto da obra, movimenta energias que são encaminhadas pelo Universo para colaborar com sua boa vontade e sinceridade. E aqui podemos utilizar esta frase para exemplificar: “Quando o trabalhador está pronto o trabalho aparece”.

E quanto há trabalho para ser desenvolvido e praticado para o bem! Acostumados a ficar em nossa zona de conforto envolvidos em nossos próprios problemas, não perceba a infinidade de trabalho a ser feito.

Alguns tarefeiros de Jesus tem a tarefa de trabalhar anonimamente, outros aparecem na linha de frente das causas humanitárias colaborando na divulgação do bem.

Já outros tarefeiros trabalham em grupo, e formam Instituições sem fins lucrativos pensando apenas em auxiliar o próximo, sendo em sua grande na maioria, de trabalho e trabalhadores que desconhecemos.

Continue Lendo

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA