Por: Rita Ramos Cordeiro 

Muito tem se falado em caridade, fraternidade, solidariedade, e amor ao próximo.

Lindas palavras inspiradas, e trazidas ao longo dos séculos pelo maior exemplo que surgiu na Terra: Jesus.

Exemplos que podemos e devemos seguir, mas a grande dúvida é como realizá-lo.

Nos dias atribulados de hoje, e na correria do dia a dia não sobra tempo para se dedicar a Solidariedade.

O cansaço após um extenuante dia de trabalho, e a dedicação com a família muitas vezes não nos permite tempo para isso.

Mas então o que fazer?

Engana-se quem pensa que a Solidariedade possa ser praticada apenas fora do lar e no ambiente social.

Não é necessário que se deslocar até uma Instituição beneficente para realizar algum trabalho voluntário.

Seria extremamente valoroso este gesto já que as Instituições Beneficentes lutam bravamente para se manter, e auxiliar os mais necessitados. Porém, a solidariedade não se resume apenas à parte material.

A solidariedade é bem mais ampla, e todos tem condições de realizar.

É o tão conhecido Amor ao próximo que infelizmente poucos conseguem vivenciar.

A maioria das pessoas não conseguem expressar este sentimento tão necessário a humanidade.

O amor ao próximo é simples, fácil de desenvolver, e não requer grandes esforços.

É pelo respeito mútuo a todos os semelhantes que se pode iniciar este dom.

Tente iniciar seu dia ao levantar-se da cama agradecendo ao Pai da Vida pela benção de mais um dia.

Observe a natureza a sua volta e sinta a beleza deixada pela Divindade Maior.

Procure lembrar diariamente que somos todos filhos de Deus com direitos e deveres.

Procure incutir em seu coração sentimentos de amor ao próximo que nada mais é o que deseja para si mesmo.

Amor, carinho, respeito, atenção, e um belo sorriso iluminando seu semblante pode também afastar as sombras da vida de alguém que sofre.

Aprender a cada dia a ser amável, prestativo, e amoroso com o irmão de jornada é o mais puro sentido de Solidariedade.

Diariamente envoltos em problema o ser humano não consegue desenvolver estes sentimentos, por estar voltado para dentro de si mesmo, e com isso deixa de enxergar o quanto a vida é bela.

Esta dificuldade de sentir a vida é natural nesta Terra de provas e expiações, porém, deixa de ser natural a partir do momento que se desiste de lutar e seguir em frente.

Comece hoje, pouco a pouco, mudando seu interior e sua vida.

A cada dia um novo sorriso, com paciência, disciplina, e perseverança.

Deseje a benção, felicidade a todos, e a benção e felicidade se voltará para você.

Levante a cabeça rumo ao céu, sorria para a vida em busca da Paz que Jesus nos deixou e SEJA FELIZ!!!

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA