Por:
Rita Ramos Cordeiro
Imagem: Pixabay

Vivemos no mundo atual alimentado pelo medo e pelo sensacionalismo.

As pessoas que se utilizam deste artifício tem o interesse em alimentar em nós estes sentimentos para nos sentirmos mais fragilizados, consequentemente, não pensemos, porque o medo não deixa pensar com clareza e pressionado por ele toma grande parte de nossas decisões.

Nos impõem as mais diversas teorias de conspiração, previsões de fim de mundo, de catástrofes, do que o país vai se tornar.

Nos dias de existem até as previsões meteorológicas que nos aconselham a tomar cuidado com o tempo para nos proteger. A ciência está avançada e permite estas previsões e devemos agradecer-lhes por nos protegem de muitas situações difíceis.

Porém, grande parte das previsões são simples previsões, achismos, ou então tendências. As tendências podem acontecer ou não.

Tem também a questão do livre-arbítrio que é soberano e previsão nenhuma pode com ele a não ser os acontecimentos de origem Divina, mas estes, ninguém conhece ou pode prever com exatidão.

Precisamos tomar cuidado com as teorias de conspiração e previsões, elas têm alvo certo para atingir.

São os desavisados, os invigilantes, os crédulos e os que vivem com medo de tudo.

Nada como viver um dia após o outro, com tranquilidade, preocupando-se apenas com o hoje, que já está de bom tamanho resolver. O amanhã a Deus pertence.

Como será o amanhã? Depende do que você realizar hoje!

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA