Quando o passado não acaba



Por: Rita Ramos Cordeiro

Deus em Sua infinita Bondade nos concedeu ao reencarnarmos, o véu do esquecimento. E como foi abençoada esta oportunidade!

Imaginemos nos deparar na rua ou mesmo no seio familiar com nossos inimigos do passado e alguém que nos fez muito mal.

Imagine reconhecer alguém que nos traiu, que nos matou e que ainda não perdoamos?

 

Com certeza não saberíamos lidar com tal situação e esta nova vida que nos foi preparada pelo Pai, para que pudéssemos nos reconciliar com nossos desafetos nos dando a oportunidade de aprender a perdoar e amar, seria em vão e perdida.

E são exatamente assim que os núcleos familiares, grupos de amigos, parentes e afins são preparados na Espiritualidade Maior e se formam aqui na Terra.

Mas nem sempre tudo são rosas e apesar de não lembrarmos do passado, os espinhos ainda estão presentes para nos testar.

Todas as emoções e sentimentos que passamos ao longo dos séculos, são registrados em nosso perispírito através de nosso campo mental.

Apesar de não reconhecermos ou lembrar de quem precisamos nos reconciliar, em determinadas épocas da vida e por várias razões, os sentimento e emoções do passado se faz presente contra nossa própria vontade.

Quem nunca sentiu ódio, amor, raiva ou até mesmo aversão por pessoas sem a menor explicação?

São sentimentos que podem aflorar espontaneamente ou por uma razão. Pode ser uma advertência, um aviso, de que precisamos lapidar nossa alma para o que realmente viemos fazer.
Esta é uma das mais difíceis tarefas do ser humano! Se reconciliar com nossos irmãos do caminho!

Difícil tarefa que se for bem aproveitada e bem compreendida pode ter um lindo final! Com perseverança, persistência e principalmente com muito amor.

Sentimentos contraditórios são vencidos com amor.

Ódio e ressentimento são vencidos com perdão.

Tarefa cumprida é vencida com tempo e disciplina!

Que saibamos amar, compreender, perdoar e acima de tudo, que aproveitemos esta abençoada oportunidade de resgatar tudo isso, para no final do túnel, quando estivermos voltando para casa, possamos partir com a consciência tranquila e com sentimentos de paz e amor no coração!

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA