Por: Rita Ramos Cordeiro

Com o tempo a gente só quer um cantinho para chamar de seu, onde reine a paz, tranquilidade e harmonia...

Com o tempo a gente se agrupa àqueles que por afinidade pensam e sentem como nós, mesmo sendo diferentes...

Com o tempo aprendemos quem realmente nos ama e quem só precisa de nós.

Mas com o tempo e com a sabedoria, aceitamos ser úteis para o que der e vier, mas também decidimos cuidar primeiramente de nós e depois do próximo, pois ninguém pode ser útil se não cuidar de si mesmo primeiro.

Não um cuidar egoísta que pensa apenas em si mesmo, mas um cuidar consciente, sabendo que para servir é preciso estar bem, mental, física e espiritualmente.

Aprende a dizer não quando necessário, para dizer sim no momento certo...

Aprende que não é importante ser amado, pois a nós mesmos basta se amar, para somente assim aprender a amar...

Mas é importante ser valorizado e respeitado, não por um ego inflado, mas por simples autoestima elevada, pois quem não valoriza a si mesmo, não sabe valorizar mais ninguém...

E assim seguimos em frente, entre flores e espinhos, sabedores que o melhor sempre vem mais além, quando o coração e a alma está liberto e pronto para desvendar novos caminhos...

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA