Quando as pessoas se calam...

Por: Rita Ramos Cordeiro

As pessoas se calam pelos mais diversos motivos.

Quando precisam de um tempo para refletir...

Quando não tem mais o que falar...

Quando não querem arrumar brigas, preferem silenciar do que ter razão...

 

Quando se sentem magoadas e tristes...

Quando não tem o dom da palavra..

Quando não querem entrar em temas polêmicos...

Quando se omitem...

Quando estão cansadas, desanimadas e sem esperança...

E o pior e mais definitivo silêncio, é quando se calam porque cessam o seu tempo de vida aqui na Terra e voltam para o plano espiritual...

Neste caso infelizmente não há mais volta, não existirão mais palavras e não haverá mais tempo para falar tudo o que não foi dito...

Temos a mania de acreditar que amanhã vamos corrigir o erro que cometemos hoje...

Que amanhã vamos voltar a falar com aquela pessoas que nos desentendemos, mas que ainda amamos...

Amanhã deixaremos de nos omitir...

Amanhã faremos tudo o que não fizemos hoje...

Eis o grande problema! Amanhã não sabemos se nós ou as pessoas que amamos estarão aqui...

Quem ficou e deixou de dizer o que queria, vai precisar trabalhar o remorso, que muito provavelmente vai incomodá-lo.

Quem partiu, quando se sentir mais plenamente consciente de seu lugar e espaço, também precisará trabalhar os sentimentos por não ter concluído o que somente as palavras e o coração poderiam ter dito...

Infelizmente todos nós precisaremos lidar com isso se deixarmos para amanhã o que precisamos fazer ou falar hoje ou quando o orgulho deixar de fazer parte de nossos sentimentos e emoções.
O silêncio é importante em muitos momentos da vida, como em outros apenas atrapalha.

Que saibamos nos calar no momento certo, pelo motivo certo e pelo tempo certo, sem guardar mágoas ou deixar a erva daninha do orgulho destruir nossos melhores plantios de amor, paz, harmonia e afeto, porque o amanhã só a Deus pertence....

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA