Desconhecemos a autoria desta sábia frase, mas ela é de grande profundidade para refletirmos sobre algumas dificuldades da vida.

Passamos por diversos momentos na vida que resistimos a mudanças e situações que não está ao nosso alcance mudar.

Os entes que amamos chegam e partem e tem o livre arbítrio de decidir o que é melhor para suas vidas, mas muitas vezes não compreendemos as escolhas que fazem ou até mesmo porque a vida nos afastam de quem amamos.

Muitas vezes são levados por escolhas ou pela vida e o sofrimento e a dor corrói o coração de quem fica...

Resistimos duramente a um afastamento por demais doloroso e naquele momento o coração não percebe o que a mente já sabe...

Por vezes vivemos momentos que não conseguimos controlar e a preocupação tomo conta da alma...

É então que o coração precisa de um tempo para sentir, sofrer, chorar e somente depois, seguir em frente...

O tempo nos trará o discernimento e a compreensão que necessitamos para que o coração aceite o que a mente já sabe...

É então o momento de seguir em frente...

De observar a beleza que a vida tem a nos oferecer...

De explorar o mundo que Deus amorosamente nos concedeu...

É o momento de quebrar grilhões e se libertar da dor...

É o momento de viver!!!

O coração tem o seu tempo e a mente sabe que não se pode ficar refém do passado e do que não é possível mudar...

É neste momento que precisamos nos libertar do que passou e seguir em frente, deixando que novos rumos direcionem nossa vida, para que a felicidade retorne ao coração!

A felicidade é feita de momentos que a mente compreende, mas que o coração está aprendendo...

Dar tempo ao tempo não é deixar que ele dite as regras da vida, mas é ser sábio para entender que somente o tempo pode trazer a reflexão, sabedoria e amadurecimento que necessitamos para seguir em frente....

Por: Rita Ramos Cordeiro

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA