Liberdade da Alma


Por: Rita Ramos Cordeiro

As dificuldades que a alma humana enfrenta na vida faz parte de um grande mecanismo divino que nos conduz à superação.

Cada ser humano passa pela vivência necessária ao seu espírito, e é a sua forma de conduzir determinadas situações que indicará o grau de aprendizado adquirido.

Não podemos jamais comparar as provas e sofrimentos vividos por cada filho de Deus, pois cada espírito tem sua própria história milenar, é único em toda sua essência, sendo assim, cada um, vivencia o que necessita para seu aprendizado interior.

Muitas vezes a alma humana que tem seus movimentos físicos restritos têm o espírito mais liberto que aquele quem tem o domínio de suas faculdades físicas.

A paz interior vai depender única e exclusivamente da forma que o espírito entende os embates do dia a dia que a vida lhe oferece.

O certo é que todos os filhos de Deus tem a mesma oportunidade divina de se reconciliar com si mesmo e com o Universo.

Alguns têm mais dificuldades que outros, porém todos tem a sua frente, mecanismos deixados a sua disposição pela Espiritualidade Maior para vencer suas imperfeições e dificuldades internas.

O Pai da Vida nos concede abençoadas ferramentas de reajuste através de situações e oportunidades que jamais imaginamos. Ferramentas estas sendo verdadeiros incentivadores para nossa mudança interior.

Estes incentivadores podem vir em forma de pessoas, conhecimentos espirituais, adquiridos, oportunidades únicas e também podem aparecer inclusive por doenças, sofrimentos ou provações.

Cabe a cada espírito, aproveitar estas oportunidades divinas como fontes de aprendizado e luz para conquistar entendimento moral e espiritual para alcançar a superação e compreensão necessária para vivenciar todas as situações que o Universo tão sabiamente nos coloca no caminho.

Deus em sua infinita bondade aguarda pacientemente este momento nos amparando e nos envolvendo em todo seu amor, sem, contudo interferir em nosso livre arbítrio, deixando-nos livres para vivenciar as consequências das boas ou más escolhas que fazemos em nossa passagem pela vida.

Temos a eternidade para a tão desejada evolução, porém, estamos vivendo momentos intensos de transição quando à Terra deixará de ser um planeta de provas e expiações para se tornar um mundo de regeneração e amor.

Esta encarnação atual pode ser o "divisor de águas" que determinará para qual estágio passaremos a seguir.

Que saibamos viver cada momento da vida como se fosse a última!

Que saibamos aproveitar esta encarnação como se fosse a última, procurando buscar arduamente a melhoria moral e espiritual necessária para alcançarmos mais um degrau em nossa evolução.

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA