Por: Rita Ramos Cordeiro

Quando as limitações surgem, é para buscarmos superações, a mágoa e o ressentimento nos corrói o coração é para nos ensinar o perdão, o ódio e a aversão aparece é para nos mostrar que também existe o amor.

Assistimos constantemente à violência isso só nos mostra o quanto precisamos ser carinhosos, atenciosos e respeitosos.

Quando o desrespeito é gritante em todos os lugares, a gentileza e atenção surge silenciosa.

Quando pensamos que a escuridão tomou conta de tudo, surge sempre uma luz para nos mostrar a saída.

Não compreendemos muitas situações da vida, surge a fé e a confiança no Pai para nos amparar nos momentos difíceis.

Quando a doença bate a porta, é também para nos mostrar o quanto somos pequenos diante da vida e o quanto precisamos valorar os momentos vividos.

Quando valorizamos demais as imperfeições alheias, é o momento de olharmos nosso próprio reflexo no espelho para descobrirmos nossas próprias imperfeições.

E quando a consciência nos cobra, o remorso e a culpa nos aperta o coração, surge o tempo para nos mostrar que nada é definitivo neste mundo.

Que o tempo é o melhor remédio para tudo! Para mudar sentimentos, fazendo assim com que a reparação necessária seja feita no momento certo.

Portanto, saibamos aceitar cada situação que a vida nos apresenta, como um aprendizado para nosso crescimento espiritual, com bom ânimo, seguindo, acreditando que dias melhores virão!

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA