Por: Rita Ramos Cordeiro 

Desejamos um mundo melhor sem violência e um país melhor para vivermos...

Esperamos que as pessoas sejam mais honestas e verdadeiras, nos incomodamos com as imperfeições alheias e com seus defeitos que muitas vezes nos atingem, nos magoamos com a maledicência, com os julgamentos pré-concebidos e com o preconceito no mundo, mas esquecemos de nos perguntar o que estamos fazendo para melhorar e evitar tanto negativismo a nossa volta.

Temos o costume de julgar nosso irmão do caminho, mas não admitimos nossas próprias falhas e imperfeições.

Será somente o outro que é maledicente, preconceituoso e espalha o negativismo?

Somos verdadeiramente sinceros e honestos em tudo o que realizamos?

Muitos exemplos poderiam ser dados, mas se examinarmos nossa consciência, com certeza descobriremos quem realmente somos.

Espíritos imperfeitos, com falhas, defeitos e erros a caminho da evolução e necessitam conhecer a si mesmo para procurar vencer as más tendências que trazemos há séculos.

É certo queremos o melhor para nós e nossa família. Mas será que realizamos algo para melhorar o mundo de alguém?

Devemos sim, lutar por um mundo melhor, mas primeiro devemos mudar a nós mesmos, para que através de nosso exemplo e de nossas ações no Bem, auxiliemos para que tudo a nossa volta se torne melhor.

Que nossa consciência possa ser a Luz para guiarmos nossos passos em rumo ao futuro melhor para todos nós!



Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA