Por: Rita Ramos Cordeiro

Dizem que o tempo é o melhor remédio para tudo. Sem percebermos, dia após dia, com força, fé e coragem, chega um momento em que nos damos conta que ele passou.

É… ele passou! E para nossa grande surpresa, nós sobrevivemos ilesos.

Um pouco arranhados é claro, mas o tempo passou.

Nós mudamos, crescemos, amadurecemos, evoluímos e aprendemos.

Aprendemos a ser cada vez mais fortes, a ter confiança num Deus que nunca nos desamparou, mesmo nos momentos em que algumas vezes, por sermos humanos e imperfeitos, acreditamos realmente nisso.

Olhamos para trás, procurando lembrar o que realmente nos fez sofrer, o que nos magoou e o que nos fez chorar e chegamos a conclusão que muitas lembranças ficaram realmente no passado.

Procuramos forçar nossa mente para algumas situações que foram fortes e desagradáveis em nossa vida e descobrimos que elas não são mais tão importantes ou dolorosas como antes.

Descobrimos que durante todo o processo em que esperamos o tempo passar, nunca estivemos só.

A Espiritualidade sempre nos levantou, nos fortaleceu e nos sustentou, quando recaímos muitas vezes ao olhar para trás.

Passamos então a analisar o que somos hoje e descobrimos que renascemos.

Renascemos para a vida, para nós mesmos. Recriamos um novo sentido da vida e descobrimos que "Somos Deuses", como bem diz o Evangelho.

Somos capazes e fortes para enfrentar todas as tempestades que surgem no caminho e que muitas vezes nos arrastam sem uma direção certa.

Conseguimos chorar por lembranças dolorosas, mas, também, temos forças para seguir, lutando e trabalhando por um mundo melhor.

É… sempre é possível um novo recomeço. Na verdade, estamos sempre recomeçando, recriando, reaprendendo.

E se muitas lembranças ainda não nos deixaram, é porque ainda precisamos aprender algo mais, que ainda não assimilamos bem.

A qualquer momento, como num passe de mágica, elas podem desaparecer como uma grande nuvem que, na verdade, é, apenas passageira...

Se perseverarmos sempre neste aprendizado que já conhecemos bem e de longa data, com certeza, aprenderemos a lição e mais tranquilos, poderemos passar para a próxima etapa de nossa vida.

Não, tudo isso não é utopia, é a realidade, e só quem já vivenciou, momento por momento sabe o quanto é forte. O quanto consegue aprender a amar, aprender a perdoar, não somente aos outros, mas a si mesmo.

Aprender que a vida a cada dia nos deixa um aprendizado em nossa porta e que depende de nós mesmos, abrir a porta e receber de braços abertos e com sabedoria, o que a vida tem a nos oferecer.

Somente assim, com confiança, resignação e coragem em prosseguir é que conseguiremos evoluir e finalmente aprender a dizer a todos os nossos semelhantes de todo coração: "Eu te amo".

Você já disse "Eu ti amo", para alguém hoje? Se não disse, não deixe para amanhã, ele talvez não venha.

Diga hoje, viva o hoje e conquiste a plenitude e a paz em sua vida.

 

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA