Amar ao próximo como a si mesmo

Por: Rita Ramos Cordeiro 

Não é fácil agradar a todos.

Por mais que se procure viver a vida de acordo com os conceitos morais e evangélicos seguindo os exemplos de Jesus, sempre vai se encontrar pelo caminho pessoas que não concordam com sua forma de ser. Sempre haverá pessoas que analisarão detalhadamente cada atitude ou ação que realiza, que fará julgamentos sem te conhecer profundamente.

Sempre haverá pessoas que não se contentarão em pensar negativamente, mas também a usar a palavra como arma contra ti espalhando suas opiniões errôneas aos quatro ventos.

Sempre haverá pessoas que se considerarão melhor que ti e evidenciarão isso em atitudes.

Sempre haverá pessoas que não compreenderão suas escolhas, o caminho que decidiu tomar, e tentarão te desviar do caminho escolhido.

Tudo isso é possível e real, mas não significa que atingirá você.

Não importa o que digam ou façam, o importante é não ser igual a estes irmãos.

O importante é tomar o caminho inverso e seguir sua vida com a consciência tranquila procurando trabalhar seguindo o exemplo de Jesus, sem se preocupar com as atitudes de companheiros de jornada que não comungam com seus ideais.

Somente o Pai da Vida conhece seu valor e esforço em vencer suas más tendências procurando se melhorar a cada dia.

Somente o Pai da Vida conhece seu interior e sabe do quanto luta para realizar a tarefa a que se prontificou antes de reencarnar.

Por isso, segue seu caminho confiante que depende apenas de si mesmo ser feliz, e procura compreender as atitudes equivocadas dos irmãos que ainda não conhecem profundamente os ensinamentos deixados pelo Mestre.

Aceita-os como são, procurando vibrar por eles amorosamente com sentimentos de paz e harmonia, e segue seu caminho plantando e espalhando o amor que cresce a cada dia em seu coração. 

 

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA