A mais bela arte de amar

Por: Rita Ramos Cordeiro 

Amor, palavrinha pequenina, mas tão difícil de fazer parte dos corações humanos.

Muitos tentam encontrá-lo de todas as formas.

Alguns, o sentem apenas por seus familiares, filhos, maridos e parentes...

Outros acreditam que tê-lo num casal apaixonado é a chave para a felicidade.

Outros o encontram nos amigos.

Muitos o encontram no carinho pelos animais.

Outros o encontraram no auxílio ao próximo.

O amor verdadeiro surge das mais variadas formas e todos são capazes de amar.

O amor é um sentimento tão puro e simples, mas que ainda está distante do coração de muitos.

Muitos se sentem incapazes de amar, e se angustiam, se isolam, sem saber que esta abençoada sementinha já cresce no coração de cada um.

O verdadeiro amor, o chamado amor fraternal, é incondicional e eterno.

Não importa qual a forma de amar, se realmente desejar este abençoado sentimento ele chegará até nas formas mais inesperadas.

Em forma de uma amizade, do amor por um animal, pelo amor a nossa família, ou até mesmo por um casal apaixonado.

O segredo para preservar e intensificar este sentimento tão belo é simples.

Inicia-se pelo respeito as todas bem aventuranças concedidas pelo Pai da Vida.

O respeito e carinho pela natureza e animais.

O respeito, atenção, gentileza e carinho pelo irmão de jornada.

Pela dedicação que colocamos no trabalho que executamos.

Não importa qual a forma de amor quando estamos dispostos a mudanças que apenas vão nos fazer crescer espiritualmente.

Gradualmente este belo sentimento se torna crescente de tal forma que preenche o coração de luz e paz de espírito.

E quando chega este momento, o ser humano deixa de pensar apenas com egoísmo e orgulho para vivenciar o verdadeiro amor incondicional.

Sentimento este possível de se adquirir ainda nesta encarnação.

Exige esforço, dedicação, disciplina, perseverança, força, coragem e principalmente vontade para sair da zona de conforto criada ao longo da vida.

Mas se o desejo de mudança, de melhorar-se internamente for verdadeira a Providência Divina, um novo caminho se abre a nossa frente, nos dando a oportunidade de nos amar, como uma sementinha que precisa apenas ser regada e cuidada para crescer e florescer em forma do mais belo sentimento, que é o amor fraternal.

 

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA