Dinheiro traz felicidade?




Por: Rita Ramos Cordeiro

Pergunta 922 do livro dos Espíritos e recomendo a sequência do capítulo:
A felicidade terrena é relativa à posição de cada um; o que é suficiente para a felicidade de um faz a desgraça de outro. Há, entretanto, uma medida comum de felicidade para todos os homens?

Resposta: Para a vida material, a posse do necessário; para a vida moral, a consciência pura e a fé no futuro.

Continue Lendo

Vencer o egoísmo é um ato de coragem



Por: Rita Ramos Cordeiro

O egoísmo foi o vencedor da pergunta que lancei ontem numa rede social sobre qual o maior mal do mundo que não deveria existir, então é sobre ele que falaremos hoje.

Abordaremos de uma forma diferente da esperada, mas antes é preciso definir a palavra egoísmo.

Continue Lendo

Recomeçar é preciso



Por: Rita Ramos Cordeiro

Muitas pessoas se perguntam: O que acontece se eu partir hoje sem me reconciliar e demonstrar meu amor aos meus entes queridos?

Antes de responder é importante explicar que as pessoas que fazem parte de nosso grupo familiar não estão ali por acaso.

O Pai da Vida por todo o amor que tem por nós, através da reencarnação nos dá quantas oportunidades forem necessárias de nos reconciliar com quem um dia fizemos algum mal ou que nos fez mal.

Continue Lendo

Cultura de segurança é questão de educação e valorização a vida




Por: Rita Ramos Cordeiro

Lembro-me da época em que todos os brasileiros foram obrigados a usar cinto de segurança nos carros para todos os passageiros. A multa era grande para quem não cumprisse a lei, e o medo de ser multado fez o brasileiro se educar e aprender a usar o cinto de segurança.

Se todos aprenderam a usar cinto de segurança não posso dizer, mas eu particularmente quando entro num carro a primeira coisa que faço é colocar o cinto. É automático, e muitas vezes nem percebo o que fiz! Foi necessário persistência e educação para isso.

Continue Lendo

Ah...se não fosse o tempo



Por: Rita Ramos Cordeiro

Dizem que o tempo cura todos os males.

Na verdade, o tempo apenas nos dá a oportunidade de pensar, refletir e refazer caminhos.

É o tempo que permite o esquecimento ou não, mas somos nós, espíritos imortais, que recriamos cada passo dado ao longo do caminho.

Continue Lendo

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA