Entrevista com Luiz Gonzaga Pinheiro

Luiz Gonzaga Pinheiro é natural de Fortaleza-CE, onde exerce a profissão de professor da rede Estadual e Municipal de Ensino no Estado do Ceará. É casado com Romélia e tem dois filhos, Victor Emmanuel e Lívia. Além de sua atividade profissional, é palestrante e doutrinador no Centro Espírita Grão de Mostarda, e também escritor de 24 livros publicados.

Há quanto tempo é espírita?
Reencontrei o Espiritismo há mais de 40 anos. Digo reencontrei, pois nunca tive dificuldade de entender e de admirar seus postulados.

Como você conheceu o Espiritismo?
Conheci o Espiritismo por curiosidade. Desde pequeno, apesar de ter nascido em família católica, sempre quis conhecer as atividades de uma casa espírita. Na adolescência realizei este desejo

Qual o Centro Espírita que é vinculado e há quanto tempo?
Sou vinculado atualmente ao centro Espírita Grão de Mostarda, em Fortaleza, há mais de vinte anos

Qual sua atividade dentro da Centro Espírita?
No Centro Espírita sou Palestrante e doutrinador

Continue Lendo

Entrevista com José do Carmo Rodrigues

José do Carmo Rodrigues é casado, pai de Daniel e Érica, nascido em Itu, no interior de São Paulo e reside atualmente na cidade de São Paulo.

É espírita estudioso da Doutrina Espírita e palestrante, e atua profissionalmente como professor universitário.

Está concluindo o curso de Ciências da Religião, pela Universidade Metodista de São Paulo e realiza uma pesquisa acadêmica Sobre Conversão ao Espiritismo. Acompanhem a entrevista exclusiva ao nosso site.

É espírita há quanto tempo e como entrou para o Espiritismo?
Sou espírita desde que nasci; Nasci em um lar espírita.

Qual Casa Espírita é vinculado?
Associação Espírita Cabaninha de Antonio de Aquino, em Itu/SP.

Qual sua colaboração nesta Casa Espírita?
Faço parte da Diretoria e colaboro nas reuniões públicas como palestrante.

Você é palestrante há quanto tempo e como iniciou este trabalho?
Desde adolescente; Fazendo estudos na mocidade espírita. Nessa época eu participava também das COMEZI (Concentração das Mocidades Espírita da Zona Ituana) que reunia muitos jovens dos centros espíritas da região. Nessas concentrações eu participava dos concursos de oratória, abordando temas espíritas.

Continue Lendo

Mudanças necessárias

De repente tudo muda sem que você nada possa fazer a respeito.

Sem que você tenha resposta do que e de como aconteceu, as coisas simplesmente mudam.

São sentimentos, comportamentos, formas de pensamento que de repente começam a direcionar sua vida para algo que você não esperava.

Continue Lendo

Alma gêmea ou algema?

Muitos corações românticos e apaixonados definem a Alma Gêmea como a sendo a metade de outra pessoa, a cara metade, ou mais popularmente, “a tampa da panela” que nos falta.

O Espiritismo esclarece que não existem dois espíritos criados um exclusivamente para o outro, mas que podem ter em comum os mesmos interesses e afinidades. O espírito imortal poderá encontrar em sua trajetória evolutiva muitos espíritos afins.

A enorme bagagem espiritual que temos ao longo dos séculos nos ensina que nossa família espiritual é enorme e que aumenta ao longo de nossas existências como encarnados e desencarnados.

A pergunta 386 do livro dos Espíritos nos esclarece sobre o tema:
386: Dois seres que se conheceram e se amaram, podem encontrar-se noutra existência corpórea e se reconhecerem?

Continue Lendo

Desmitificando a doutrina espírita

Por: Rita Ramos Cordeiro

Já se foram os tempos em que a Doutrina Espírita era vista como algo místico, preconceituoso e proibido.

Por quantas e quantas vezes se torciam os narizes ao reconhecer na rua tal e tal pessoa como espírita proibindo mesmo até a convivência social?

Tempos difíceis que afastavam do convívio comunitário os assumidos espíritas. Ler um livro espírita então, nem pensar! Muitos simpatizantes liam os livros escondidos da família, dos amigos para não passar vergonha, e não ter de ouvir discursos para converter a tal pessoa 'desviada' do caminho do bem.

Continue Lendo

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA