Tudo a seu tempo

O mal do ser humano é sofrer por antecipação e acreditar que tudo está perdido!

Nossa visão é muito limitada e enxergamos apenas alguns passos a nossa frente! O futuro somente a Deus pertence!

É importante que cada diversidade que atravesse nosso caminho seja enfrentada com calma, discernimento e coragem, sem negativismo e sentimentos menores!!

Continue Lendo

As facilidades da zona de conforto

Desde que nascemos, e isso inclui todas as gerações que leem esta postagem, temos um país doente.

A corrupção não surgiu agora. Então o que mudou para termos um povo revoltado e descrente?

O que mudou é que fomos obrigados a sair da zona de conforto para atuar na linha de frente, mesmo que muitos acreditem que não estejamos fazendo isso.

Continue Lendo

Amor incondicional ou submissão?

Tenho visto alguns casos na Internet que confundem-se com o título deste texto.

Muitas pessoas confundem o amor incondicional com a submissão e a falta de amor próprio.

Apesar de ser ainda para poucos, o amor incondicional ama sem exigir nada em troca. A felicidade de amar incondicionalmente está em ver o ser amado feliz, mesmo que não se retribua este amor.

Continue Lendo

Somos resultado de nossas escolhas

A Doutrina Espírita nos ensina que Deus criou todos os espíritos, simples e ignorantes, sem conhecimento algum. 

Deu a cada um deles uma missão com o fim de esclarecer e concedeu-lhes inúmeras existências e a oportunidade de adquirir conhecimento através de provas que lhe possibilitarão a evolução e perfeição ao longo deste aprendizado.

Cada conhecimento adquirido não se perde e o espírito jamais retrocede. Pode estacionar, mas não retrocede.. 

Deus concedeu-lhes também o livre arbítrio, que se desenvolve a medida que o espírito toma consciência de si mesmo. 

Sendo assim, todos somos resultado de nossas escolhas.

Continue Lendo

Blog Ismael gobbo

A entrevistada Rita de Cássia Ramos Cordeiro é atuante trabalhadora do movimento espírita residente na cidade de Itú, SP.  De longa data se  dedicando ao trabalho voluntario em  atividades diversas, ultimamente ampliou-as no campo da divulgação através do  Instituto Beneficente Chico Xavier do qual é uma das fundadoras. Com muita garra, senso de responsabilidade e idealismo,  Rita de Cássia dá-nos o bom exemplo de seareia comprometida com a propagação da doutrina codificada por Kardec sob  inspiração de Jesus.

Rita pode nos fazer sua autoapresentação?
Meu nome é Rita de Cássia Ramos Cordeiro, nasci em Presidente Prudente, interior do Estado de São Paulo, no dia 15 de Novembro de 1966. Sou filha de Rubens Prado Ramos e Iris de Oliveira Ramos. Nasci numa família de cinco irmãos - quatro homens, sendo eu a caçula e única mulher. Por volta de 1970, quando tinha quatro anos, minha família mudou-se para Sorocaba, onde permanecemos por três anos. Em seguida viemos para Itu, cidade na qual cresci e resido até os dias de hoje. Em 1996 casei com Benedito Roberto Cordeiro, um colega de trabalho, da empresa que eu trabalhava na época. Temos um filho de 10 anos, chamado Jonathan.

Qual a sua formação acadêmica e profissional?
Conclui o antigo Colegial, atual ensino Médio. Sempre trabalhei na área administrativa. Em meu último emprego, numa fábrica de Colchões, trabalhei por 14 anos, como faturista e encarregada de cobrança. Saí deste emprego em 2003, para definitivamente me envolver com o voluntariado, onde permaneço até hoje, contabilizando, ao todo, 13 anos na área.

Continue Lendo

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA