Por: Rita Ramos Cordeiro

Um vídeo da Tânia circula pela internet onde ela sem ter a quem recorrer, no meio da rua em alto e bom som implora ajuda pela agressividade cometida insistentemente pelo ex marido.

Sentindo-se desamparada e amedrontada Tânia mostra a medida protetiva que o ex marido não respeita,  e continua perseguindo Tania com sua agressividade e violência.

Domingo, 24 Fevereiro 2019 01:03

A culpa não é da vítima


Por: Rita Ramos Cordeiro

Quando um homem entra na casa de uma mulher que mora sozinha num primeiro encontro, usa um nome falso para entrar e acorda no meio da noite para espancá-la por quatro horas, podemos chamá-lo de muitas coisas, menos de louco.

Sua barbárie foi bem calculada e sua atitude lembra mais um psicopata do que um louco.

Existem vários tipos de psicopatas e a grande maioria se passam por pessoas normais.

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA