Sexta, 15 Novembro 2019 20:48

Viver é tomar partido




Por: Rita Ramos Cordeiro

Li esta frase de Antonio Gramsci e comecei a refletir sobre ela e na minha concepção seu significado é muito amplo, mas eu definiria principalmente por: "sair da zona de conforto".

É maravilhoso viver confortavelmente instalado na zona de conforto, dentro do próprio lar, mais um dia a consciência nos cobra insistentemente de algo que não sabemos o que é e esta cobrança vem de diversas formas:

Através de uma crise existencial, de um stress, de uma falta de motivação de vida, de uma falta de tomar partido por algo maior, pela desesperança e medo do que vai acontecer no futuro, entre outras coisas.

 

Mas o que significa tomar partido?

Significa arregaçar as mangas, deixar o conforto de uma cômoda existência e sair a luta para batalhar por algum ideal de vida ou popularmente "sair de cima do muro".

Tomar partido pode significar ter uma atitude mais firme com relação a este difícil momento político que se vive atualmente. Para quem não se sente confortável em relação a política pode tomar partido em outras áreas.

Há uma variedade enorme de grupos de pessoas e instituições que estão arregaçando as manga, trabalhando voluntariamente em prol do ser humano, no meio ambiente, cultura, cuidando dos animais, etc.

Nos dias atuais estas são as áreas menos valorizadas e são as que mais atuam em prol do próximo. São pessoas anônimas que saem de seus lares voluntariamente sem ganhar nada em troca e não são valorizadas por isso.

Há também pessoas que se posicionam contra injustiças e atuam em favor das minorias para lutar contra o preconceito, homofobia, feminicídio, entre outros.

Precisamos sim tomar partido e sair da nossa zona de conforto, mesmo que que comecemos num momento de comoção social, mas não podemos parar ali. O mundo espera por nossa atitude! É de extrema urgência que busquemos tomar partido numa área que mais nos afinarmos para fazermos a diferença neste momento tão difícil que vive a humanidade.

Mas façamos isso sem atrairmos mentiras, compensações, benefícios próprios, ódio, injustiças, desamor! Os fins jamais justificam os meios! Só se encontra a paz atuando com amor!

Como diz Madre Tereza de Calcutá: "O que eu faço é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor.”

Nunca é tarde para tomar partido de algo, mas não conhecemos a data de retorno ao nosso lar de origem.

Cada segundo bem aproveitado e bem vivido neste orbe é a única bagagem que levaremos para casa.

Comece agora! Seja você a mudança que quer ver no mundo!

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA