Segunda, 16 Julho 2018 02:00

Realizando Sonhos

 
Por: Rita Ramos Cordeiro
 
Uma poesia falada tem circulado pelas redes sociais com o nome de "sapato apertado", onde se fala sobre sonhos. Um lindo vídeo que recomendo a todos. https://www.youtube.com/watch?v=dyhIbsCRu28
Contudo, uma das últimas frases da poesia me chamou a atenção devido a ela ter mais de uma vertente e é sobre ela que vamos falar e ela diz assim:

..."Um sonho não é uma pedra no sapato, se o seu estiver apertado, livre-se, porque ele não é seu"...

Segunda, 18 Junho 2018 00:42

Quando os transtornos emocionais matam

Por: Rita Ramos Cordeiro

Ficou para trás a época em que uma terapia com psicólogo ou consulta com o psiquiatra era visto com preconceito. É certo que muitos ainda veem com certa resistência as visitas a psicólogos e psiquiatras, mas são tratamentos com estes profissionais que muitas vezes evita-se até mortes.

Os transtornos emocionais tem cura se forem tratados a tempo e muitas patologias se manifestam apenas em algum período da vida do portador.

O problema é que muitas vezes passam despercebidos pela família e quando a crise chega já está em estágio avançado.

Segunda, 18 Junho 2018 00:39

O bom combate





Por: Rita Ramos Cordeiro

Saber partir para o lar de origem após estágio momentâneo no orbe terrestre é um esforço engrandecedor mas poucos são os que compreendem a grandiosidade desta passagem.

É um bom combate travado por todos, mas poucos se preparam para tão importante ocasião.

Felizes daqueles que durante sua jornada terrena se preparam para inevitável tarefa.

Felizes daqueles que buscam oportunidades para fortalecer o alicerce da alma, para que as pilastras do coração e da mente se ergam imponentes e repletos de belas virtudes.

Sexta, 01 Junho 2018 11:38

Renascendo da dor

Por: Rita Ramos Cordeiro

Encerramos o ano de 2017 desejando que o ano que estava se iniciando fosse melhor do que o ano que estava se acabando.

Infelizmente não foi isso o que aconteceu e 2018 se mostrou estar sendo um ano muito difícil.

Além das dificuldades financeiras e de nosso próprio país em crise, 2018 trouxe um novo desafio que é manter laços de amizade, afetividade e afinidade.

As divergências de opiniões, o desrespeito, a dificuldade em aceitar o outro como ele é, independente de seu ideal e forma de pensar tem desfeito bonitos relacionamentos.