Tristezas, frustrações, decepções, expectativas, são alguns dos sentimentos que o ser humano carrega dentro de si.

São ervas daninhas que crescem em nosso interior, tomando-nos forças, sonhos, coragem e determinação.

Entregamos nossos sonhos, felicidade e expectativas nas mãos de quem amamos, esperando que nos façam felizes e nos realizem como ser humano.

Este é um engano muito comum das pessoas que ainda não aprenderam a amar.

Pessoas que lutam em busca da felicidade, desconhecendo que ela encontra-se dentro de si mesmo.

Buscam a paz em suas vidas, tentando se desvencilhar do vazio que toma conta de seu íntimo.

Desconhecem que a paz interior é a posse da consciência tranquila.

Quinta, 13 Abril 2017 03:49

Abrindo os olhos para ver o mundo

Não me recordo de já ter visto anteriormente tantos acontecimentos ruins como nos dias de hoje.

É a violência em todos os patamares, corrupção, guerras, mudanças climáticas...

É a depressão se tornando comum na vida do ser humano...

Também não me recordo de já ter visto tantas pessoas fazendo o Bem, como atualmente.

São pessoas que se importam com o bem estar do próximo e procuram ser caridosos, amorosos, atenciosos com o próximo., sem nada exigir em troca...

Também não me recordo, eu particularmente, ter olhado ao meu redor como tenho feito nos dias de hoje.

Isso mesmo, percebi olhando ao meu redor, deixando de pensar em mim por breves instantes, que há vida a minha volta..

Quinta, 13 Abril 2017 03:47

A vida é o que você faz dela

Não raro, reclamamos da vida, da falta de amor entre as pessoas...

Do preconceito, da maledicência, violência no mundo...

Do materialismo, da falta de humildade, falta de caridade e solidariedade...

Da maldade que são capazes os corações humanos...

Mas deixamos de nos questionar a nós mesmos qual nossa postura diante da vida.

Quais são nossas atitudes diante do mundo?

Qual o tratamento que damos ao nosso semelhante?

Qual nossa reação ao ouvir uma maledicência contra nosso irmão de jornada?

Ao vermos determinada situação que desaprovamos deixamos de julgar nosso próximo?

Quinta, 13 Abril 2017 03:46

A mais bela arte de amar

Amor, palavrinha pequenina, mas tão difícil de fazer parte dos corações humanos.

Muitos tentam encontrá-lo de todas as formas.

Alguns o sentem apenas por seus familiares, filhos, maridos e parentes...

Outros acham que tê-lo num casal apaixonado é a chave para a felicidade.

Outros o encontram nos amigos.

Muitos o encontram no carinho pelo animais...

Outros o encontraram no auxílio ao próximo...

O amor verdadeiro surge das mais variadas formas e todos são capazes de amar.

O amor é um sentimento tão puro e simples, mas que ainda está distante do coração de muitos.

Muitos se sentem incapazes de amar, e se angustiam, se isolam, sem saber que esta abençoada sementinha já cresce dentro do coração de cada um.

Cadastre-se em nosso informativo

CAPTCHA